fazer um agá

Para o terror da minha mãe, meu processo de alfabetização foi totalmente construtivista, o que me proporcionou a primeira viagem sem a família, lá com meus seis anos, na lógica de conhecer o mundo antes de falar (escrever) sobre ele. O mundo que eu devia experienciar era uma fazenda, na verdade um sítio, na verdade uma chácara, onde aproveitei pra cometer meu primeiro delito, o furto de um xaxim, que eu nem sabia muito bem pra que diabos funcionava e que acabou por inutilizar minha mochila e a bagulhada que havia dentro.
Só depois de retornar é que comecei a garatujar minha primeira frase:


A chácara é do Hélio.


Alguém tem idéia do que significa um agá maiúsculo pra uma criança, não um agá qualquer de dois traços verticais e um horizontal, mas um agá cursivo à la manuscrito medieval, com direito a todo tipo de firula?
Obrigado, senhoras pedagogas, obrigado, tia Giovana, pela consideração com minha motricidade fina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: