hematoma

Bicho não era não, nem monstro
mas tinha um jeito de falar rugoso
hálito grosso, pele de búfalo
e pêlos precoces no rosto

Bicho não era não, nem monstro
e no entanto dedos de acertar cascudo
braços de engravatar pescoço
mais mil palavras proibidas
pra xingar mãe filho da puta

Bicho não era não, nem monstro
mas vindo pra cima
sem chance de fuga
e chuta que chuta
e cuspe que gruda
e roupa rasgada
e tome hematoma
patrola animal
ceifando com raiva
com calma, com gozo
a erva daninha
a flor delicada
o joio medroso

Bicho não era não
nem monstro
era só mais uma tarde
da minha infância

Anúncios

Uma resposta to “hematoma”

  1. marcelo Says:

    bravo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: