W.H. Auden, ‘A mão do artista’, p.68, abre aspas

Na Universidade de Poesia dos meus sonhos, o currículo seria o seguinte:

1) Além do estudo da língua inglesa, seria obrigatório o estudo de pelo menos uma língua antiga, provavelmente grego ou hebraico, e de dois idiomas modernos;
2) Milhares de versos nesses idiomas teriam de ser memorizados;
3) A biblioteca não contaria com obras de crítica literária, e o único exercício crítico pedido aos alunos seria a composição de paródias;
4) Cursos de prosódia, retórica e filologia comparada seriam obrigatórios a todos os alunos, e todos deveriam eleger três cursos das seguintes disciplinas: matemática, história natural, geologia, meteorologia, arqueologia, mitologia, liturgia, culinária;
5) Cada aluno teria de cuidar de um animal doméstico e cultivar um pequeno jardim.
Anúncios

4 Respostas to “W.H. Auden, ‘A mão do artista’, p.68, abre aspas”

  1. noah Says:

    lágrimas nos olhos.

  2. Diego Grando Says:

    então nem vou dizer que alguns ensaios desse livro SÃO ASSIM O TEMPO TODO.

  3. r. Says:

    … novo post que é bom, nada…
    é brabo isso daí

  4. maria Says:

    affe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: